Telefone: (51) 4063-8525

Blog

Como Criar um vídeo Currículo Verdadeiramente Impressionante

Mirelle Borges quinta-feira, 27 outubro, 2011 às 6:05 pm Postado por: Mirelle Borges




Atualmente os vídeos currículo são a mais nova ferramenta de recrutamento no mercado de trabalho. E  em um mercado de trabalho tão competitivo, criar um vídeo currículo impressionante pode fazer com que você se destaque na multidão. Aqui na Dynamo, damos preferência para currículos em, dentre os quase 30 currículos que recebemos diariamente, para escolher novos membros da equipe.

Se você quer fazer um vídeo currículo e arrasar na sua apresentação, dê uma olhada nas nossas dicas. Selecionamos os melhores exemplos de vídeo currículos que estão na internet pra você. Encontramos poucos vídeos em português, por isso vamos colocar os que estão em inglês. Com nossas dicas esperamos que seu currículo seja exemplo na internet.

1. Tenha Certeza Que é Apropriado

Não é porque você sabe fazer um vídeo currículo que você possa fazer um, crie um porque é relevante para a posição que você quer ocupar. Se você esta se candidatando para uma vaga que exija criatividade, então você pode colocar toda sua criatividade no seu vídeo, e seu vídeo terá o desejo alcançado, uma entrevista de trabalho.

Não mande seu vídeo currículo para uma empresa muito tradicional, eles não vão “pegar a idéia”. Você pode estar errando em querer impressionar.

No exemplo do vídeo acima Graemy Anthony, é um executivo de relações públicas. Ele inteligentemente pensou fora da casinha e conseguiu mostrar todo seu expertise acrescentando muitos “uau” no seu currículo.

Vocês tem alguma dúvida de que Graemy Anthony tenha conseguido várias entrevistas

2. Não Apenas Leia Seu Currículo

O principal diferencial de um vídeo currículo é que você consiga transmitir um pouco de você, de sua personalidade, de sua criatividade ao empregador em potencial, coisas que um currículo em papel não consegue fazer. Então apenas ler em voz alta seu CV não vai servir para nada, é uma perda de tempo para todo mundo.

Use o vídeo Currículo para ajudar o empregador a entender o que você já fez e tudo que você é capaz de atingir no futuro.

Conte a eles porque você é a pessoa certa para eles contratarem, e o que você pode fazer por eles. Conte as suas experiências, cursos, treinamentos, que são especialmente relevantes para a posição que você quer.

E se for apropriado para a posição que você quer (como no vídeo acima), não tenha medo de falar sobre suas paixões

3. Faça um Vídeo Curto

Um vídeo currículo deve ser curto e simpático, fique dentro do limite de 2 minutos, este tempo é suficiente para você se apresentar e ser chamada para uma entrevista pessoalmente.

Tenha em mente que o vídeo é uma ferramenta para deixar o empregador com vontade de saber mais sobre você, ele é seu trailer de introdução.

No exemplo acima, o vídeo dura menos de um minuto e vinte segundos, no final o candidato criativamente fez um making off do seu vídeo, assim ele mostrou um pouco mais de como ele é, e que não se leva tão a sério assim, ri dos seus próprios erros, assim o vídeo ficou leve e simpático.

4. Não Tenha Medo de ser Criativo

Se você optou por um vídeo currículo então mergulhe de cabeça, e faça um vídeo espetacular. Seja criativo, brilhante, se condiz com sua vaga use senso de humor, faça uma produção inteligente e uma boa edição.

Atenção, você tem que ser criativo, mas profissional, não fuja muito de como você seria no ambiente profissional, vista-se como você se vestiria para trabalhar.

No vídeo acima o candidato a vaga mostrou que é criativo e tem senso de humor, brincando em ser viciado no trabalho ao mesmo tempo se mostrou profissional, pois vestiu -se como se estivesse indo para o escritório.

Cuide da sua aparência na hora de gravar o vídeo.

5. Passe no Teste dos Amigos Antes

Assim como tudo que você coloca na internet, seu vídeo vai se tornar público, então cuidado com as informações que você vai colocar nele. Para informações de contato apenas seu email é suficiente.

Mostre seu vídeo aos seus familiares e amigos, se eles aprovarem, coloque no ar.

Sucesso pra você, faça seu vídeo e mande seu link. Vamos adorar ter seu vídeo como exemplo.






Como Usar a Internet para Vender Livros Que Ainda Não Existem

Pedro Superti segunda-feira, 23 maio, 2011 às 8:26 am Postado por: Pedro Superti




Livro "Go the Fuck to Sleep" já tem proposta de filme e ainda nem foi lançado

A pirataria é uma prática fortemente combatida pela justiça. Mas e quando ela ajuda a transformar em bestseller um livro que ainda nem foi lançado, ela deve ser combatida?

Foi o que aconteceu com Go the Fuck to Sleep (Adam Mansbach, Akashic Books), um livro infantil para adultos que será lançado no dia 14 de junho. O título conquistou o primeiro lugar na lista dos mais vendidos (nesse caso, ainda em pré-venda) pelo site Amazon, um dos maiores varejistas virtuais do mundo.

De acordo com o site Fast Company, o título nasceu como uma piada do Facebook. Mansbach, após ter perdido a paciência com a filha de dois anos, compartilhou na rede de amigos: “Atenção para o meu próximo livro de criança – ‘Go the — to Sleep”. O título era uma ordem irritada para que a criança fosse dormir, fazendo uso de um palavrão. A resposta dos amigos foi tão intensa que Mansbach resolveu transformar a piada em um livro de verdade. Leia o restante deste post »






Como Conseguir um Grande Emprego Usando os Links Patracinados do Google Adwords

Pedro Superti quinta-feira, 13 maio, 2010 às 4:00 pm Postado por: Pedro Superti




Alec Brownstein

Você já sabe que pode encontrar de quase tudo hoje no Google. Mas você já pensou em como ser encontrado no Google, para quem procura por um bom profissional? Veja abaixo como um rapaz fez isso usando o Google Adwords e conseguiu um mega emprego gastando R$10,00.

Hoje se você está atrás de um emprego, você pode pesquisar por um emprego em vários sites de emprego e pesquisar sobre as vagas existentes, geralmente sem pagar nada.

Mas como fazer para ser visto por quem realmente interessa e ao mesmo tempo se posicionar acima dos outros canditatos?

Foi isso que o publicitário norte-americano Alec Brownstein pensou e chegou a uma idéia simples mas eficaz. Ele descobriu o nome dos principais executivos de algumas grandes agências de publicidade de Nova York. Depois ele criou uma pequena campanha no Google Adwords, para que quando os executivos usassem o Google para pesquisar seus próprios nomes, eles vissem o seguinte anúncio:

Pesquisando Seu Nome no Google?
Isso pode ser bem Divertido.
Me contratar pode ser mais Divertido.

Com isso, ele chamou a atenção dos executivos que os chamaram para entrevistas, aonde ele acabou sendo contratado pela prestigiada agência Young & Rubican New York.

Veja abaixo o vídeo do criativo publicitário:

O que Podemos Aprender Com isso?

Precisamos parar de tentar fazer nosso marketing e publicidade assim como todos o fazem. Se todo mundo faz de uma forma, precisamos pensar como podemos faze-lo não de modo a “aparecer para mais pessoas”, mas sim aparecer para quem realmente importa.

Menos quantidade. Mais relevãncia.

Quer fazer diferente?

Entre no Google e domine seu segmento hoje mesmo com o mais famoso serviço de consultoria para links patrocinados no Google Adwords do Brasil.






Entrevista Com Pedro Dynamo Fecha Com Chave de Ouro Concurso Aberje

Josiane Walter segunda-feira, 7 dezembro, 2009 às 3:35 pm Postado por: Josiane Walter




Pedro Superti, diretor executivo da Dynamo Publicidade Online, concedeu uma entrevista para a dupla 1 finalista do Concurso Aberje de Mídias Sociais. No último dia de participação no concurso, entre as empresas presentes estavam: Tv Globo, Vale e Serasa.

Acompanhe abaixo a entrevista veiculada no site da Aberje: Leia o restante deste post »






Palestra Amcham Brasil: Como Dominar Seu Mercado Usando a Internet

Tiago Soares sexta-feira, 4 dezembro, 2009 às 3:55 pm Postado por: Tiago Soares




Em Outubro de 2009, o CEO da Dynamo Pedro Superti foi convidado para dar uma palestra da Camara Americana de Comércio (AmCham) sobre Publicidade Online, em Porto Alegre. O tema da palestra foi: “Estratégias de publicidade para empresas que desejam dominar seu segmento”.

Durante a palestra para mais de 100 executivos de diversas empresas, Pedro Superti falou sobre como devem agir na Internet empresas que realmente queiram dominar a demanda existente para seu segmento de atuação.

“Chegou a hora de pararmos de tentar aparecer para tudo e todos. As pessoas não querem mais ser encontradas pelas empresas; elas que querem encontrar sua empresa, na hora que ela quiser e do jeito que ela quiser. Hoje vamos ver como fazer isso acontecer.” disse o executivo no inicio da palestra.

Para assistir a palestra na íntegra, utilize o player abaixo: Leia o restante deste post »






Post no Facebook Tira Jovem da Cadeia

Pedro Superti quinta-feira, 19 novembro, 2009 às 6:57 pm Postado por: Pedro Superti




facebook-livra-jovem-da-prisao

A mensagem de Rodney Bradford em sua página do site de redes sociais Facebook, postada às 23h49min do dia 17 de outubro, perguntava onde estavam as suas panquecas. Isso salvou o jovem de passar anos preso, quando a policia chegou sua casa no dia seguinte.

Leia o restante deste post »






Google indica Dynamo como melhor Agência de Publicidade Online!

Josiane Walter terça-feira, 17 novembro, 2009 às 2:50 pm Postado por: Josiane Walter




Com o crescimento da internet as pesoas têm buscado cada vez mais fazer publicidade online. Preocupados com isso, o pessoal do Google lançou um vídeo oficial dando dicas de como escolher corretamente uma agência para cuidar de sua campanha online.

Veja o video abaixo:

Leia o restante deste post »






Brasil é Campeão Mundial no Uso de Comunidades

Pedro Superti terça-feira, 10 novembro, 2009 às 9:34 am Postado por: Pedro Superti




Estudo da Nielsen mostra que 70% de internautas usam este tipo de ferramenta, cada vez mais popular no mundo.

O Brasil é o país com o maior número de internautas usando sites de relacionamento, segundo pesquisa divulgada pela Nielsen na segunda-feira.

Hoje 80% dos brasileiros que navegam na internet estão ligados aos sites que a empresa de pesquisas chama de “comunidades de membros”, que incluem blogs e redes de relacionamento como o Orkut e o Facebook.

Os internautas brasileiros também são o que passam mais tempo neste tipo de site – quase um a cada quatro minutos de navegação na internet.

No ranking apresentado pela Nielsen, empresa que oferece serviços de mensuração e análise de dados de navegação na internet, o Brasil é seguido por Espanha (onde 75% dos internautas usam redes de relacionamento), Itália (73%) e Japão (70%).

Populares

O estudo revela ainda que as “comunidades de membros” são hoje mais populares do que o e-mail, com 66,8% de alcance global, e figuram no quarto lugar entre os recursos mais utilizados na internet.

As ferramentas de busca ainda são a atividade mais procurada, sendo usadas por 85,9% dos internautas mundiais. A seguir estão os portais e comunidades de interesse geral, com 85,2% de penetração, e os sites de fabricantes de softwares, com 73,4%.

Segundo a Nielsen, o site Facebook é o líder das redes de relacionamento no mundo, com 108,3 milhões de usuários únicos – mais do que o dobro do que tinha em 2007.

O país que ele faz mais sucesso é a Grã-Bretanha, onde é usado por 47% dos internautas.

No Brasil, entretanto, apenas 2% dos internautas visitam o Facebook, enquanto o Orkut atinge 70% deles – a maior audiência doméstica conseguida por um site de relacionamento.

O estudo da Nielsen analisou dados de Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça, Austrália e Japão, além do Brasil.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1036074-6174,00-BRASIL+E+CAMPEAO+DE+USO+DE+SITES+DE+RELACIONAMENTO+DIZ+PESQUISA.html em 10/03/2009.





Relatório Aponta Crescimento em Todos os Negócios Ligados à Internet

Tiago Soares segunda-feira, 9 novembro, 2009 às 4:34 pm Postado por: Tiago Soares




Seja em número de usuários, base de banda larga, anunciantes, comércio eletrônico ou qualquer outro indicador, as perspectivas do mundo digital brasileiro mostram apenas curvas ascendentes para os próximos anos. Essa é a conclusão do mais recente relatório sobre o Brasil online, que acaba de ser divulgado pela consultoria americana eMarketer.

Investimentos em publicidade online crescerão dois dígitos em 2009, diz consultoria

Especializada em pesquisas e análises sobre internet, negócios pela rede, marketing online, mídia e tecnologia, a eMarketer agregou e analisou relatórios e estudos feitos e divulgados recentemente pelas mais variadas fontes. Entre elas, estão as consultorias e empresas de pesquisa PricewaterhouseCoopers, Deloitte, e-Bit, Nielsen e Ibope.

Ao juntar a profusão de informações dispersas, a consultoria buscou entender o impacto da internet no país, bem como as curvas de tendências que cria e têm afetado _e influenciarão cada vez mais_ o mundo dos negócios.

Segundo a eMarketer, a tendência é de crescimento e rápida expansão da base de usuários, de adoção em massa de atividades online incluindo comércio eletrônico e mídias sociais, de aumento dos gastos com publicidade online e de novas oportunidades para chegar aos consumidores por meio de celulares.

“Como acontece com qualquer tecnologia, quando a internet atingir a maturidade, o crescimento dos negócios começará a se reduzir”, diz Celso Kassab, sócio da área de consultoria empresarial da Deloitte. “Só que levará no mínimo dez anos para isso.”

Entre os motivos, diz Kassab, está o fato de, apenas no ano passado, o número de computadores ter passado, em vendas, o de televisores. Além disso, diz ele, há novas tecnologias de banda larga chegando ao país, como o Wimax e a PLC, que é a internet pela rede elétrica. “Em dois ou três anos, haverá muita competição nessa área e a banda larga irá se popularizar enormemente”, afirma.

A eMarketer prevê que a banda larga, hoje presente em 23% dos domicílios brasileiros, deverá chegar a 36% dos lares, até 2013. “A banda larga residencial é uma das medidas mais importantes no avanço do uso da internet”, afirma o relatório.

Nesse círculo virtuoso, o número de usuários que acessa a internet pelo menos uma vez por mês, irá de 22% da população brasileira, para 31%, no mesmo período. “Como praticamente toda a população das classes A e B já usa a internet de maneira intensiva, as empresas de comércio eletrônico começam a criar produtos e ofertas específicas para as classes C e D, que representam 60% dos novos consumidores”, diz Pedro Guasti, diretor-geral da consultoria e-Bit.

Sites populares

Além do tradicional parcelamento e dos produtos mais baratos, para falar com esse público os sites estão se tornando mais fáceis de navegar. O frete também é eliminado e, em alguns casos, as redes varejistas têm criado marcas de combate. É o caso da Giuliana Flores que, consolidada junto aos consumidores de maior poder aquisitivo, lançou o site Nova Flor, que tem arranjos a partir de R$ 16,90. Além da classe C, a Nova Flor fez sucesso entre os universitários.

“Vimos recentemente a entrada na rede de varejistas muito tradicionais, como Casas Bahia, Walmart e o Carrefour, que deve ter seu site de comércio eletrônico no ano que vem”, afirma Guasti. “Ninguém mais pode se dar ao luxo de ficar fora da internet porque o padrão de consumo mudou.”

Pesquisa da Deloitte feita com 109 empresas, em setembro, mostrou que apenas 2% dos entrevistados acreditam que o consumidor online compra produtos ou serviços por impulso, sem uma avaliação criteriosa. “As empresas sabem que [na internet] estão lidando com consumidores mais exigentes e com maior poder de decisão”, diz Patricia Sousa, gerente da área de varejo e bens de consumo da Deloitte.
Além de pesquisar na rede antes de ir às lojas, os consumidores têm mesmo comprado mais. Segundo a e-Bit, o comércio eletrônico tem crescido a uma taxa média de 40% ao ano, nos últimos cinco anos. O pico de crescimento foi em 2006, com alta de 76% sobre o ano anterior. Motivo: Copa do Mundo. “O ano que vem será excelente para o comércio eletrônico pela mesma razão”, diz Guasti.

Em 2009, o comércio eletrônico movimentará R$ 10,5 bilhões no país. Não se incluem aí as passagens aéreas e os sites de leilão, como o Mercado Livre. A tendência é de manter o percentual de crescimento em 2010.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2009/11/07/relatorio+aponta+crescimento+em+todos+os+negocios+ligados+a+internet+9037974.html em 07/11/2009






Jovens Preferem Internet a TV, Mostra Estudo

Pedro Superti sábado, 7 novembro, 2009 às 8:31 pm Postado por: Pedro Superti




A TV ainda é a principal fonte de informação para o jovem brasileiro, mas ele se tornou multimídia. Essa é a opinião de Maria Regina Mota, doutora em comunicação e semiótica pela PUC-SP, após analisar dados do Datafolha.

A pesquisa revela que 98% dos jovens assistem à TV 3,4 horas por dia, embora esse veículo venha caindo na preferência dos jovens e a internet esteja subindo. “Esse número não me impressiona, pois não significa que o jovem passe todo esse tempo na frente da televisão sem fazer outra coisa. Ele pode deixar a TV ligada enquanto navega na internet. O que acontece é que, com a disponibilidade dos meios, o jovem se tornou multimídia”, diz Mota. Leia o restante deste post »

Related Posts with Thumbnails





« Posts Anteriores